Chapecoense e Cruzeiro fecham a terceira rodada da Série B com vitórias

Jogando em casa, Chape bateu o Sampaio Corrêa por 1 a 0. No Orlando Scarpelli, Raposa derrotou o Figueirense pelo mesmo placar

A terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro ficou completa neste domingo (16). Na Arena Condá, a Chapecoense levou a melhor diante do Sampaio Corrêa-MA e venceu por 1 a 0. No Orlando Scarpelli, o Cruzeiro visitou o Figueirense e repetiu o placar.

+ Confira a tabela completa da Série B do Brasileirão 2020

Confira os detalhes das partidas deste domingo:

Chapecoense 1 x 0 Sampaio Corrêa
Na Arena Condá, a Chapecoense pressionou a saída de bola do Sampaio Corrêa e abriu o placar logo aos cinco minutos de jogo. Paulinho Moccelin pressionou a defesa maranhense, e Paulo Sérgio acabou recuando mal para o goleiro Gustavo. Aylon aproveitou a falha e colocou a Chape na frente. Os visitantes quase empataram um pouco depois, com Marcinho, que acabou parado em boa defesa de João Ricardo. A Bolívia Querida seguiu pressionando e ainda criou duas boas chances com Gustavo Ramos, uma quando explodiu a bola na trave e outra forçando uma defesa incrível de João Ricardo. Aos 27, Léo Costa também quase marcou para o time maranhense, mas novamente o goleiro alviverde salvou.

Na volta do intervalo, o Verdão do Oeste teve a oportunidade de ampliar logo no começo, quando Paulo Sérgio cometeu pênalti em Vini Locatelli. Alan Ruschel cobrou forte no canto esquerdo de Gustavo, que saltou bem e fez a defesa. A Chape seguiu controlando as ações e ainda criou chances com Aylon, Lucas Tocantins e Matheus Ribeiro, mas sem conseguir aumentar o saldo de gols. O Sampaio, que reduziu o ímpeto do primeiro tempo, não conseguiu reagir para buscar o empate.

Com o resultado, a Chapecoense agora soma quatro pontos na tabela de classificação e aparece na sexta posição. O Sampaio Corrêa, que ainda não pontuou, ocupa o último lugar.

Figueirense 0 x 1 Cruzeiro

Jogando fora de casa, o Cruzeiro começou melhor o jogo diante do Figueirense e levou perigo logo aos oito minutos de bola rolando. Patrick Brey cruzou forte e a bola sobrou para Régis, que limpou a marcação e finalizou para boa defesa de Sidão. No rebote, Moreno tentou completar, mas a goleiro saiu rápido e segurou novamente. Aos poucos, o Figueira foi trocando passes e buscando espaço na defesa cruzeirense. Em uma das chances criadas, Keké avançou em velocidade pela direita e passou para Marquinho, que finalizou cruzado com muito perigo ao gol de Fábio. A Raposa, segurando a pressão dos donos da casa nos minutos finais, buscou brechas para avançar até que conseguiu o gol aos 45 minutos. Após jogada pela direita, a bola ficou viva na área, e Ariel Cabral escorou para Maurício chutar de primeira, no ângulo: 1 a 0.

No segundo tempo, o Figueira buscou o empate e criou boas chances. Em uma delas, Diego Gonçalves finalizou bonito, mas mandou para fora. Em outra, o zagueiro Pereira cabeceou com perigo, mas viu Fábio fazer a defesa. A Raposa até assustou em três oportunidades com Machado, mas o volante não estava com a pontaria afiada e não ampliou a vantagem da equipe até o apito final.

Com a vitória, o Cruzeiro agora soma três pontos e ocupa o nono lugar na tabela da Série B. O Figueirense, que ainda não venceu, aparece na 19ª posição, com um ponto.

Assessoria CBF

FacebookTwitterGoogle Bookmarks